Carregando
Ver mais resultados

Fios e Cabos SIL

Uma das partes mais importantes em qualquer projeto elétrico, a escolha correta dos cabos elétricos e fios elétricos são fundamentais para garantir o bom funcionamento correto de todo o consumo de energia elétrica de uma empresa, residência, fábrica e condomínio. 

 

Saber escolher a bitola correta de um cabo elétrico para a utilização de aparelhos como ar condicionado, pode fazer uma enorme diferença na conta de luz.

 

Como escolher corretamente os cabos elétricos e fios elétricos

 

Existem diferentes tamanhos e espessuras de cabos elétricos. Um bom projetista é capaz de escolher corretamente os cabos necessários para cada parte da obra, com base no projeto arquitetônico. 

 

Com espessuras que variam de 0,50mm² à 300mm², os cabos elétricos normalmente são revestidos de PVC sintético. Mas já existem tecnologias modernas que garantem ainda mais segurança, como os cabos elétricos Atox e Afumex

 

 

Conheça ainda os cabos paralelos, cabos PP, cabos de rede e cabos HDMI.

  

Dúvidas Frequentes sobre Fios e Cabos Elétricos

 

Porquê os condutores elétricos são importantes?

 

Os condutores elétricos, mais conhecidos como fios e cabos elétricos, são importantes nas instalações elétricas de luz e força de prédios comerciais, residenciais, condomínios, industrias, empresas e em vias públicas. Eles são importantes pois conduzem a corrente elétrica para ligar lâmpadas, aparelhos eletrodomésticos, postes de luz, máquinas e qualquer outro item que precise de eletricidade para funcionar. 

 

Mas é importante sempre ficar atento à sua correta instalação e à qualidade dos produtos, para não ter problemas de segurança e funcionamento adequado dos equipamentos. 

 

O que significa corrente de fuga?

 

A corrente de fuga é a corrente que flui para terra ou para outros elementos que são estranhos à instalação. Isso acontece por problemas e imperfeições em terminais elétricos, conexões e isolação adequada dos condutores. 

 

Além de causar um grande desperdício de energia, também podem comprometer a segurança das instalações. 

 

Para que serve a isolação de corrente elétrica?

 

A isolação da corrente elétrica serve para impedir que a corrente "escape" para outros elementos que não sejam o cabo elérico. Sendo mais técnico, a camada de isolação mantém o campo elétrico preso sobre a tensão. 

 

Qual tipo de condutor elétrico é mais usado nas instalações de prédios?

 

Em prédios residenciais ou comerciais os condutores mais utilizados devem ser os de cobre eletrolítico, que possui maior condutibilidade. O revestimento destes condutores costumam ser de PVC anti-chamas, e normalmente contém níveis de isolação de 750V à 1000V (ou 1KV). Mas estes valores dependem das características dos prédios e da capacidade de energia que será consumida. 

 

Como saber qual cabo e fio elétrico devo usar em uma instalação elétrica?

 

Determine estas duas condições para escolher o condutor adequado para qualquer instalação elétrica: 

 

  • Qual a capacidade de corrente que o condutor suporta (ampacidade)
  • Saiba qual a corrente nominal do circuito elétrico e escolha condutores que possuem a seção (bitola) capazes de suportar a corrente 

 

Por regra estipulada na NBR5410 todas as instalações alimentadas por ramais de baixa tensão da concessionária de energia possuem valor de 4%. Para as instalações de alta tensão o valor é de 7%. E para tensões geradas por fonte própria (geradores elétricos) o valor é de 7%. 

 

Quais são as seções (bitola) mínimas dos cabos elétricos?

 

Circuitos de controle - 0,5mm2

Circuitos de sinalização - 0,5mm2

Circuitos de iluminação - 1,5mm2

Circuitos 2,5mm2 

 

 

Quais são as seções (bitola) mínimas de ligações flexíveis?

 

As seções de condutores inferiores à 1,5mm2 são permitidas* apenas nos casos de: 

  • Cordões flexíveis para ligações internas de aparelhos eletrodomésticos e de iluminação, como lustres, por exemplo. Nesse caso pode chegar a no mínimo em 0,75mm2. 
  • Em circuitos de controle e sinalização pode chegar a no mínimo 0,5mm2.

 

(*) De acordo com a tabela da NBR 5410.

 

Quais são as seções (bitola) mínimas dos condutores neutros? 

 

Os condutores neutros devem ter a mesma seção, ou maior, que os condutores fases, nos seguintes casos: 

 

  • Em circuitos monofásicos
  • Em circuitos bifásicos
  • Em circuitos trifásicos com seções do condutores iguais ou inferiores à 25mm2

 

Existe uma padronização de cores para cabos, fios e condutores elétricos? 

 

Existe sim uma padronização de cores para condutores elétricos conforme estabelecido pela NBR5410 de 2004, que destaca a seguinte norma: 

 

  • Padrão de cor para condutores neutros: Qualquer condutor isolado ou cabo unipolar que será utilizado como condutor neutro, o mesmo deverá ser identificado pela cor Azul-Claro. 

 

  • Padrão de cor para condutores de proteção: Qualquer condutor isolado ou cabo unipolar que será utilizado como condutor de proteção (PE), o mesmo deverá ser identificado pela coloração dupla Verde-Amarelo (popularmente conhecido como Brasileirinho). Se não houver essa coloração é possível usar provisoriamente a cor Verde. Importante: Não é admitido usar a cor Verde-Amarela para outra função que não seja a de proteção. 

 

  • Padrão de cor para condutores PEN: Qualquer condutor isolado ou cabo unipolar que será utilizado como condutor PEN, o mesmo deverá ser identificado com a cor Azul-Claro, com anilhas Verde-Amarela nos pontos acessíveis. 

 

  • Padrão de cor para condutores FASE: Qualquer condutor isolado ou cabo unipolar que será utilizado como condutor fase poderá utilizar qualquer cor, com excessão das regras mencionadas anteriormente. Ou seja, não podem ser Azul-Claro nem Verde-Amarela. 

 

Deve se proteger os fios e cabos? 

 

Sim, os condutores elétricos devem ser protegidos conforme estabelece a norma NBR5410 de 2004, no item 5.3. Proteção Contra Sobrecorrentes. Esse item determina quais são os critérios para utilizar disjuntores e fusíveis para proteger os cabos e fios elétricos de sobrecorrentes, sobrecargas e curto-circuitos. 

 

Esta norma tem como objetivo proteger apenas os circuitos elétricos, os equipamentos que são conectados à estes circuitos possuem a sua proteção específica. A norma também determina que a proteção possa ser feita tanto por um único dispositivo que possa garantir simultaneamente a proteção completa contra curto-circuitos, sobrecorrentes e sobrecargas, quanto por multiplos e distintos dispositivos, que possam proteger individualmente as sobrecargas e os curto-circuitos. 

 

 

O que significa Condutor de Proteção (ou Fio Terra)?

 

O Condutor de Proteção (PE), também conhecido como Fio Terra, é um dispositivo que tem como função desviar a corrente que escapa dos condutores para a terra, com a finalidade de aumentar a segurança e evitar acidentes. 

 

Os aparelhos eletrônicos que possuem 3 pinos oferecem a possibilidade de fuga da corrente para o fio terra, e devem ser conectados nas tomadas 2P+T, ou 3 pólos, conforme novo padrão brasileiro de tomadas. 

 

E quando deve ser utilizado o Condutor de Proteção (ou Fio Terra)?

 

O condutor de proteção, ou fio terra, deve ser utilizado em todas as instalações de baixa tensão, independente do esquema adotado para o aterramento. Os condutores de proteção desempenham um papel fundamental, protegendo contatos indiretos, e garantindo o perfeito escoamento das correntes de fuga ou de falta de instalação. 

 

O que são os Condutores PEN? 

 

O Condutor PEN é chamado assim pois ele cumpre duas funções, tanto a condução neutra quanto a condução de proteção. 

 

Entretanto, desde 1997, as concessionárias de energia começaram a exigir o uso de condutores terra e neutro, separados, após a obrigatoriedade do uso do DR, que não pode funcionar no sistema PEN. 

 

O que significa a sigla AWG?

 

A sigra AWG é uma abreviação de American Wire Gauge. Em potuguês, Bitola de Fio Americano. Essa era a maneira de especificar condutores até 1982, onde o quanto menor fosse o número antes da sigla AWG, maior era a seção do fio. 

 

O que é o Aterramento? 

 

O aterramento é o um fio ou cabo de cobre enterrado, por onde passa a corrente elétrica que é transmitida ao solo. A palavra aterramento é realmente uma referência à terra. 

 

Aparelhos e equipamentos aterrados estão ligados à terra propositalmente. O fio que transmite essa ligação é o famoso Fio Terra. 

 

Estes equipamentos estão aterrados para proteger os usuários de descargas atmosféricas, para descarregar cargas que ficam acumuladas e para ajudar no funcionamento correto de dispositivos como disjuntores e fusíveis, ao desviar a corrente para a terra e não para estes equipamentos. 

 

O uso do fio terra é obrigatório? 

 

O uso do fio terra é obrigatório sim, conforme a lei Número 11.337 de 26 de julho de 2006

 

Qual a função do fio terra? 

 

O fio terra, ou condutor de proteção PE, tem a função de pegar a corrente elétrica que pode escapar do interior de aparelhos, e conduzir para a terra, protegendo os usuários dos equipamentos. 

 

É essencial para proteger pessoas de choques elétricos. 

 

Qual é a diferença entre o fio neutro e fio terra? 

 

 

A diferença entre o fio terra e o fio neutro é a circulação da corrente elétrica. O fio neutro faz a corrente circular, pois ele faz parte do circuito elétrico. Já o fio terra desvia a corrente para a terra. Portanto, o fio neutro é responsável por transmitir e o fio terra é responsável por desviar para a terra.